Meu Carrinho
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Blog

Como cultivar romã

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Tudo o que você precisa saber para cultivar romã, leia até o final você vai se surpreender com os benefícios que ela traz para saúde

 

Olá amigos! Vou falar um pouco mais sobre o cultivo da romã

 

A romã é uma fruta originaria do continente asiático, mas muito cultivada no mediterrâneo oriental, prefere condições tropicais, ou seja, pleno sol, irrigação e solo fértil, não tolera sombreamentos contínuos ou encharcamento.

 

Como ela tem um porte baixo e com rápida frutificação e resistência a praga e doenças, sua presença é comum em pomares domésticos, quintais e jardins, também muito cultivado em vasos, pois possui flores muito vistosas.

 

Resumindo, a romã é uma espécie completa e de quebra ainda está associada a simpatias para atrair a prosperidade no ano novo. A romã é uma fruta que possui pequenas sementes de polpa comestível, sua importância é milenar.

 

Antigamente os gregos tinham ela como símbolo de fertilidade, a planta foi associada a deusa Afrodite devido a seus domínios afrodisíacos, o cultivo da planta é feito em centenas de países, no brasil a romã encontrou uma região fértil para o crescimento de primeira qualidade.

 

O maior produtor de romã no mundo é a Espanha, existem romãs amarelas e também vermelhas, a romã amarela tem uma enorme quantidade de sementes e possui um mesocarpo pequeno.

 

Já a romã vermelha tem menos números de sementes e possui uma camada carnosa mais grossa, por isso é muito comum achar em supermercados e feiras as romãs avermelhadas. Além de ser bastante útil para a medicina a planta também pode ser um item a mais na decoração de casas, parques e jardins, a planta chega a ser um arbusto ereto que pode atingir de 2 a 5 metros de altura.

 

O arbusto pode ser muito ramoso, os ramos novos tem casca avermelhada que vão adquirindo coloração acinzentada quando ficam mais velhos. A romãzeira prefere um clima mais ameno, porém se adapta a qualquer tipo de clima, em regiões com ventos fortes a frutificação da romã será desgastada pela queda excessiva das flores, nas regiões úmidas as cascas da fruta podem ser penalizadas pelo aumento de fungos.

 

Um pouco mais sobre o cultivo da romã

 

  • O solo para cultiva-la deve ser abundante em matéria orgânica, se for plantado em vaso o recomendado é misturar a terra de jardins com terra vegetal e compostos orgânicos.

 

  • O desenvolvimento pode ocorrer através de sementes e também estacas de ponta em estufas, as mudas de romãzeiras são produzidas a partir das sementes de frutos maiores com a polpa avermelhada, o tronco da romãzeira lança várias estacas bem junto a terra que podem ser usadas como estacas individuais.

 

  • A adubação na cova deve ser feita com esterco de curral, superfosfato simples e farinha de osso, essa adubação vai servir para que a planta desenvolva raiz, para que a romã produza flores. É essencial a adubação de outono lembrando que não se deve adubar durante a floração, os adubos de outono devem ser ricos em fósforo, a proporção nitrogênio, fósforo e potássio são 4 16 8 respectivamente.

 

  • As sementes de romã germinam facilmente se não deixar o substrato secar, elas vão germinar mesmo se não forem cobertas com a terra. Ao propagar as sementes procurem os frutos graúdos bem coloridos e maduros.

 

  • Plantar romã não tem mistério, a propagação através do enxerto ou por enraizamento de ramos, a frutificação é precoce e garante que as plantas filhas sejam muito semelhantes a matriz.

 

  • No brasil a romãzeira pode ser plantada em qualquer época do ano, porém se a opção for um plantio de mudas com bastante qualidade e muita quantidade, procure viveiros idôneos que trabalhem com as espécies frutíferas e possam dar referências sobre as qualidades da fruta mãe, tamanho dos frutos, coloração da casca e até mesmo sobre sua produtividade. Prefira os exemplares enxertados que irão produzir bem mais rápido.

 

  • Para cuidar da romã adulta, ela vai precisar de sol direto e constante, no mínimo 4 horas diárias. A época ideal para plantar romã é no início da primavera no começo de setembro, por ser uma época mais chuvosa. Isso não quer dizer que é impossível plantar romã em outros meses, apenas terá que ter mais cuidado para manter a planta sempre úmida.

 

Agora vou dar algumas dicas para quem quer plantar romã em vaso, que é uma boa opção também.

 

A romãzeira gosta de terra rica em matéria orgânica, você precisara adubar frequentemente, tanto a cova no chão quanto a medida do vaso deve ser aproximadamente 60x40 cm, deve ser feita a drenagem de água colocando argila expandida ou pedras no fundo do vaso, a drenagem vai evitar que a água fique presa no vaso e isso pode ocasionar o apodrecimento das raízes, seguir as regras é fundamental para qualquer frutífera.

 

Para não errar o melhor método é colocar o dedo no vaso e sentir se a terra está molhada, caso ela esteja úmida não a necessidade de novas regas.

 

Ter uma planta frutífera em casa significa necessariamente realizar podas, a principal delas é a de formação que é realizada nos 3 primeiros anos de vida da planta.

 

Vou citar agora os benefícios da romã que são muitos.

 

  • A romã possui 3 vezes mais antioxidantes do que o vinho e chá verde.

 

  • A romã também é conhecida por curar os problemas relacionados com coração e por mantes uma boa circulação sanguínea.

 

  • Ajuda em problemas de estomago, câncer, problemas dentários, osteoporose, anemia e diabetes

 

  • Os benefícios da romã podem ser apreciados por consumi-las de várias maneiras. Na forma de suco ou comer suas sementes.

 

  • A romã tem sido tradicionalmente usada para limpar a pele e reduzir a inflamação, o suco da romã também pode ser útil para o tratamento de dores de garganta. Estudos medicinais revelam que a romã ajuda a reduzir a pressão arterial e pode ser utilizada para prevenir alguns problemas de coração. A capacidade da romã no campo medicinal vem desde a antiguidade, as cascas de romã podem ser usadas para fazer um chá que combate infecções de garganta, o chá de cascas de romã combate também diarreias e desinterias.

 

  • A romã é muito utilizada por mineradores, pois o fruto previne a contaminação por metais pesados, a romã reduz também a possibilidade de desenvolver Alzheimer entre as gerações mais velhas.

 

  • A romã ajuda a controlar o envelhecimento, como rugas. Tornando quem a consome com a aparência mais jovem.

 

  • A romã ajuda as mulheres a superar os sintomas de depressão durante seu período, especialmente a pós menopausa. Estudos realizados mostraram também que o suco de romã ajuda na cura de disfunções eréteis.

 

Depois de ler isto aposto que vai correndo comprar sua muda de romã não é?haha

 

Além de fácil cultivo ainda faz um bem danado para nossa saúde.

 

Espero que tenham gostado, um forte abraço!

 

Se você desejar você pode comprar sua muda de romã na Mondini Plantas

Compre sua muda de romã na Mondini Plantas

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Como cultivar romã

Enviando Comentário Fechar :/